sábado, 18 de junho de 2016

Líder indígena pede inclusão de índios nos cursos da Unir em Rondônia

Em reunião com o Reitor Pro Tempore da Universidade Federal de Rondônia (Unir), professor Ari Miguel Teixeira Ott, o coordenador dos Povos Indígenas de Rondônia, Helinton Gavião, cobrou na última quarta-feira (15) a possibilidade de indígenas poder frequentar os cursos superiores oferecidos pela universidade, além da Educação Intercultural, que já recebe indígenas.

Helinton Gavião justificou o pedido dizendo que seu povo precisa de profissionais graduados, que possam atender a área da saúde e de gestão territorial, por exemplo. Em resposta, segundo nota da Unir, o Reitor falou sobre a possibilidade de realizar um processo seletivo exclusivo para selecionar estudantes indígenas, utilizando por bases a Lei Federal nº 12.711, de 29/08/2012 – conhecida como Lei de Cotas.

Como encaminhamento, ficou decidido que a Reitoria da Unir vai agendar reunião com representantes de organizações governamentais e não governamentais para o dia 6 de julho, com a finalidade de discutir a criação de políticas de inclusão e permanência dos povos indígenas das diversas etnias do estado de Rondônia na universidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário