sábado, 18 de junho de 2016

Crianças apresentam danças folclóricas de diversos países em RO

Crianças com idades entre 2 e 13 anos fizeram diversas apresentações de danças regionais na noite da última sexta-feira (17) na 9ª edição do 'June Festival', evento alusivo às festividades juninas realizado pela escola Maple Beer, em Porto velho. A festa atraiu mais de mil pessoas, segundo a organização. Além de incentivar a cultura, o evento tem cunho social, com participação de diversas entidades filantrópicas.

As organizadoras, Monna Holanda (diretora administrativa), Marise Castiel (gerente administrativa) e Fernanda Bordalo (diretora pedagógica), disseram que as apresentações foram resultado de mais de 40 dias de ensaios com mostra de danças folclóricas de diversos países. Além de dançar, os alunos confeccionaram as bandeiras dos países contemplados na apresentação. "Os pais também participaram. Além de prestigiar o evento, coube a eles a elaboração e confecção das roupas típicas que foram usados pelos filhos na festa", disse Fernanda.

Segundo ela, as crianças mais novas apresentaram quadrilhas e as mais velhas fizeram 'Flash Mob' (estilo de dança) e apresentaram danças variadas, "cada um com um tema diferente", complementa.

Observando o caráter beneficente, a organização do 'June Fastival' cedeu às entidades filantrópicas o direito de explorar as vendas nas barracas onde foram comercializadas comidas típicas, bebidas e diversas outras variedades de alimentos e brinquedos. Dentre as que participaram estão a Pestalozzi, Awas, Ama e Apacene.

A iniciativa foi elogiada pela diretora geral da Pestalozzi, Janete Alves Araújo, que coordenou a barraca de comidas típicas. Ela afirma que é um trabalho cansativo, porém recompensador. "Essa é uma oportunidade que a Maple Beer nos dá para fortalecer um pouco mais nosso caixa, para melhor atender nossas crianças", avaliou. Janete diz que, hoje, a Pestalozzi atende 150 pessoas, entre crianças e adultos, com educação regular e profissional e assistência social, além de oferecer atenção em saúde a outros 100 beneficiários.

Pais de duas crianças que se apresentaram no evento, uma de 2 e outra de 7 anos, os dentistas Kennedy Queiroz Coutinho e Samantha Coutinho também apoiaram a iniciativa da Maple Bear. O casal diz que esse é o quarto ano que participa apoiando suas filhas nas apresentações. Eles também elogiaram a iniciativa de render as vendas de guloseimas às entidades filantrópicas. "Participamos de uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip) e sabemos qual a importância dessas iniciativas", disseram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário