quinta-feira, 16 de junho de 2016

Campanha estimula denúncias de crimes contra LGBT e faz vigília em João Pessoa

Coordenadoria Municipal de Promoção à Cidadania LGBT e Igualdade Racial da Prefeitura de João Pessoa iniciou uma campanha nas redes sociais digitais com o objetivo de estimular as vítimas de crimes e ataques homofóbicos a denunciarem as agressões. 

A campanha, que tem o slogan 'Não se cale diante da LGBTfobia', pretende alertar para o fato de que se calar diante desse tipo de comportamento pode trazer graves consequências.
Foi dito na imprensa que o pai do atirador da boate Pulse sabia sobre o ódio do filho aos homossexuais, mas se calou e o seu silêncio levou à morte de 49 pessoas. Precisamos evitar que isso se repita. Sempre que alguém se calar, poderá haver mais vítimas”, defende o coordenador geral LGBT, Roberto Maia.

Um vídeo institucional foi produzido para a campanha mostrando o depoimento de pessoas que foram vítimas de LGBTfobia mas preferiram não denunciar o caso e se arrependeram. 

Ainda de acordo com Roberto Maia, uma das principais atividades da campanha acontecerá nesta sexta-feira (17), às 17h. Trata-se de uma vigília pelas vítimas do atentado a boate Pulse, nos Estados Unidos. A atividade acontecerá na Lagoa. “As pessoas irão chegar a Lagoa levando velas acessas em memória dos mortos no ataque”, explica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário