sábado, 18 de junho de 2016

Apicultores são capacitados para melhorar manejo de abelhas em RO

Os apicultores da região de Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho, participaram na última sexta-feira (17) de uma capacitação sobre manejo de abelhas. O encontro, que teve como tema 'As abelhas e o homem: o valor dos produtores apícolas', abordou os motivos da fuga de abelhas da colmeia e o uso correto de agrotóxicos, dentre outros assuntos. O curso foi promovido pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), com o objetivo de aumentar a produção de mel na região.

Em Cacoal, existem cerca de 20 famílias que trabalham na produção de mel. O apicultor Geraldo Matheus de Oliveira de 50 anos é um deles. Ele conta que mora em um distrito do município, mas mantém seus apiários em Pimenta Bueno (RO).

"Eu trabalho com o manejo de abelha há 10 anos, eu acredito que é uma atividade rentável, não só para a agricultura familiar, mas para outras pessoas, já que consigo empregar funcionários. Trabalhar com abelha não é difícil, basta gostar do cultivo e não ter medo. Espero tirar desse encontro formas de melhorar a minha produção", disse o participante.

O encontro também tratou de assuntos sobre as abelhas e o meio ambiente e a organização da produção.

"Nosso objetivo é incentivar cada vez mais essa atividade, que é uma diversidade de produção em nosso município. Sabemos que o mel é um produto aceito no mercado, mas essa atividade precisa ser organizada, por isso estamos capacitando esses produtores, para vender seus produtos", destacou o extencionista rural da Emater, Antônio Fernandes.

Em Cacoal, existe a Associação Cacoalense de Apicultores, que já está organizada para comercializar os produtos. O município produz anualmente cerca de 10 toneladas de mel, que são vendidos para todo o estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário