quinta-feira, 16 de junho de 2016

Apenado tenta matar outro e leva tiro de agente no braço

Na tarde da quarta-feira (15), um apenado do presídio Urso Branco foi baleado por Agentes Penitenciários que tentavam evitar a morte de três presidiários.

De acordo com os agentes, o preso identificado como Kairo Antônio Max, pulou uma grade, na companhia de outros comparsas, e de 'chuchos' nas mãos (armas artesanais), tentaram matar outros três apenados. Ainda segundo os agentes, as vítimas teriam dívidas com os suspeitos.

Alguns disparos foram feitos na intenção de apartar o crime. Kairo reagiu e foi alvejado com um tiro no braço, os demais voltaram para seus pavilhões. O suspeito foi socorrido e encaminhado ao Hospital João Paulo II pela escolta do presídio.

Segundo relatos dos presos que iriam ser mortos, eles estavam sendo ameaçados de mortes por dívidas de drogas. Eles já haviam relatado o problema ao diretor do sistema, que manteve os três em outro pavilhão, mas no banho de sol, os suspeitos aproveitaram a facilidade e tentaram contra suas vidas. O registro da ocorrência foi feito na Central de Flagrantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário