quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Suspeito de matar esposa com facada na PB diz que tentava separar briga

A Polícia Civil prendeu na terça-feira (19), um homem de 40 anos suspeito de assassinar a esposa, uma mulher de 38 anos, na cidade de Alagoinha, no Brejo paraibano. O crime ocorreu na madrugada da última segunda-feira (18), no sítio Chã do Cajá. Segundo a Polícia Civil, no dia do homicídio, a vítima chegou em casa e encontrou outra mulher com o marido na residência e as duas mulheres entraram em luta corporal. Em depoimento, o suspeito disse que estava tentando separar a briga, quando feriu a esposa acidentalmente com uma faca.

Na delegacia, o suspeito contou detalhes de como o crime aconteceu e afirmou que estava tentando acabar com a briga entre a esposa e uma ex-companheira, quando feriu a vítima. 

“Quando era por volta de 1h30 da madrugada ela chegou em casa e eu estava com uma ex-companheira no terraço. Ela [a esposa] pegou a faca que estava em cima de um armário e as duas começaram a brigar. Na hora em que fui separar, não sei como, a faca entrou”, disse ele.

O suspeito foi preso por uma equipe do Grupo Tático Especial (GTE) da 8ª Delegacia Seccional, com sede em Guarabira, em conjunto com a Polícia Militar. De acordo com o delegado seccional  Walber Virgolino, depois do homicídio o marido da vítima fugiu. 

“Realizamos um trabalho investigativo e agimos em conjunto com a Polícia Militar. O caso foi elucidado nesta terça-feira (19), com a prisão”, disse o delegado.

Segundo a polícia, na madrugada da segunda-feira (18) a vítima foi encontrada morta na casa onde morava com o suspeito, na Rua do Sol. O suspeito foi encaminhado para a sede da Delegacia Seccional para depoimento. Ele vai responder por crime de homicídio qualificado e levado para a Cadeia Pública de Alagoinha, onde ficará a disposição da justiça,

Nenhum comentário:

Postar um comentário