quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Primeiro dia da Chamada Escolar Municipal tem movimentação intensa

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Educação, iniciou na terça-feira, 19, a Chamada Escolar Pública em 25 escolas (polos) espalhadas pela cidade para facilitar o acesso aos pais ou responsáveis. A Chamada Escolar termina na próxima sexta (22) e acontece das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas. Já as matrículas serão de 26 a 28 de Janeiro.
Josineide Macena da Silva, responsável pela Chamada Escolar do Município conta que os atendimentos, no primeiro dia, aconteceram dentro da normalidade. “Tivemos alguns contratempos, como o atraso no atendimento devido à queda do Sistema de Gestão Educacional, por um problema com a internet. O primeiro dia é intenso, mas nos outros dias será melhor”, comenta.
Macena afirma que a prefeitura dispõe de vagas suficientes na rede municipal de ensino para matricular alunos novos. “Estão sendo oferecidas mais de quatro mil vagas. No município não há necessidade de filas, infelizmente, alguns pais estão acostumados a realizar este procedimento. Por mais que a gente diga que não precisa ir e divulgue os horários de atendimento, eles realizam as filas para que possam ser atendidos prontamente. Asseguro que temos vaga para todos, ocorre que nem sempre na escola que o pai quer ou às vezes quando é atendido naquela escola já não tem mais vaga e ele será encaminhado para a escola mais próxima”, explica.
A responsável pela Chamada Escolar do Município observa que a mesma é destinada para crianças que estão fora da escola, que nunca estudaram. “A nossa responsabilidade, hoje, é assegurar a aula para alunos da Rede de Ensino e ofertar vagas para aqueles que ainda não estudam. O que acontece muito são pais querendo transferir seus filhos de uma escola para outra. E essa questão fica sob a responsabilidade dos mesmos. Neste caso, podemos até informar a escola mais próxima, mas é impossível procurar uma vaga em nosso sistema, uma vez que seu filho já consta como aluno”, esclareceu Josineide Macena.
Jucilene Fernandes é moradora do São Sebastião 1, ela também procurou vagas para seu filho Felipe e a sobrinha Sofia na creche. “Pretendo matriculá-los no Semente do Araçá, que pra mim é melhor porque eu moro do lado da creche”, disse.
Fabíola da Silva Santos mora no Bairro Nacional, também procurou vaga para sua filha Beatriz de quatro anos que vai estudar pela primeira vez. “Fui persistente para matricular minha filha, tinha esperança de que ela ficasse em uma escola próxima a minha casa. Consegui vaga numa extensão da escola Pequeno Jones”, conta.
Recenseamento A Semed realizou o recenseamento realizado de 16 a 30 de novembro de 2015, para saber quantas crianças estão fora da escola e para organizar as vagas de 2016. No final do ano letivo as escolas se organizam internamente, remanejam seus alunos e fazem a tabulação de vagas disponíveis para entregar para a Semed. Só então inicia em janeiro do próximo ano a Chamada Escolar e matrículas. As aulas começam no dia 11 de fevereiro.

Para tirar duvidas ou saber mais informações os interessados devem ligar no Departamento de Educação 3901 2817. - See more at:

Nenhum comentário:

Postar um comentário