sábado, 16 de janeiro de 2016

Pai de menina se nega a entregar criança e mãe chama a polícia na PB

Uma mulher da cidade de Monteiro, a 310 km de João Pessoa no Cariri paraibano, acionou a Polícia Militar na quinta-feira (14), pedindo ajuda para resgatar a filha, que havia sido levada pelo pai. 

Segundo a mãe da menina de quatro anos, o pai da criança teria levado a menina e não queria mais devolvê-la. Após a denúncia, policiais do 11º Batalhão da Polícia Militar localizaram o suspeito, que fugiu em uma motocicleta com a criança.

De acordo com informações da Polícia Militar, equipes saíram em perseguição, mas para não colocar em risco a vida da menina, os policiais mantiveram distância e montaram uma barreira na entrada da cidade de Sumé. O homem não passou pela barreira e após algum tempo, a mãe da menina informou que o suspeito, que tem 33 anos, estava trancado em casa com a criança.

Ainda segundo a polícia, o pai da menina permaneceu por um tempo com ela dentro de um quarto da casa, onde estava também a mãe do suspeito, de 73 anos. A PM informou que tentou negociar, mas como ele não aceitou, o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foi acionado e fez diversas tentativas de negociar com o suspeito para que liberasse a criança e se entregasse, segundo a PM.

Segundo os policiais militares do Gate que participaram da prisão, por alguns minutos o suspeito dialogou com a equipe, mas após um tempo, parou de se manifestar e o negociador não conseguiu mais contato com ele. Diante disso, os policiais decidiram intervir e entrar na residência. O homem ofereceu resistência e foi detido com o uso de dispositivo de condução elétrica, em seguida, imobilizado. A criança foi libertada e o pai conduzido à 14ª Delegacia Seccional de Polícia Civil, na cidade de Monteiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário