quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

MST comemora 32 anos de fundação com 120 mil famílias acampadas no país

Dirigente da Coordenação Nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Alexandre Conceição, avaliou em entrevista à imprensa a trajetória do movimento, sua relação com partidos políticos e meios de comunicação e lembrou a contribuição que a reforma agrária pode dar para o enfrentamento da crise econômica no país. “Nosso grande papel é ajudar a combater a inflação dos alimentos”, informou Alexandre, 42 anos, acampado no litoral norte de Pernambuco.

Segundo ele, com desapropriação de terra, crédito, assistência técnica e assentamento de famílias o país pode produzir alimentos saudáveis, baratos e combater a alta de preços. Alexandre, que atua no MST há 16 anos e atualmente é responsável pela articulação política do movimento em Brasília, também comentou o momento político brasileiro. “O governo precisa incisivamente apontar programas progressistas para a economia.” Confira a entrevista:

Nenhum comentário:

Postar um comentário