sábado, 16 de janeiro de 2016

Ipam quer concluir Censo previdenciário até o dia 10 de fevereiro em Porto Velho

O Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores Municipais (Ipam) está realizando o censo Previdenciário da Prefeitura de Porto Velho. Até o momento, 82,5% dos servidores já foram cadastrados e até fevereiro o relatório geral deverá ser concluído. O presidente do Ipam, Carlos Couri, disse que o censo está sendo realizado com recursos próprios e que Porto Velho é a segunda capital do país a realizar dessa forma o trabalho. “Outras capitais brasileiras têm realizado seus censos previdenciários, mas somos a segunda, após Rio Branco, a fazer isso com seus próprios recursos. Caso contratássemos uma empresa, os serviços até poderiam acontecer com maior rapidez, mas o preço seria bastante elevado. Portanto, estamos conseguindo realizar o trabalho e economizar recursos dos cofres do Município”, explicou.
O censo começou em 2014 e já deveria ter sido concluído, mas, conforme explicou Couri, pelo fato da Prefeitura estar trabalhando com seus próprios recursos num município de grandes dimensões, algumas dificuldades têm sido vencidas por meio de grandes esforços. É, sobretudo, nas regiões distritais que as operações se tornam mais demoradas. Muitos servidores mudam de funções, mudam de domicílios, entram em licença médica ou licenças de outros tipos, de forma que seus cadastramentos se tornam mais complicados. O Ipam conseguiu junto ao Ministério da Previdência um adiamento para a entrega do censo e a data ficou para 10 de fevereiro. “Pretendemos chegar a noventa e cinco ou noventa e oito por cento. Não se fala nesses casos em cem por cento. Nem mesmo o Ministério da Previdência prevê tal quantidade para os municípios, pois sabe das dificuldades que envolvem a realização de um trabalho dessas proporções”, comentou o presidente.

O censo previdenciário é de grande importância para o regime próprio da Prefeitura e também para o Ministério da Previdência, que ajudou a capacitar a comissão especialmente criada para a execução do serviço em Porto Velho. O presidente do Ipam disse ser muito grato aos secretários municipais que têm colaborado com os trabalhos, principalmente os que disponibilizaram técnicos para atuarem na comissão. O grupo de trabalho se compõe de setenta servidores, incluindo a comitiva do Ipam. Para que os serviços sejam concluídos de acordo com o esperado e segundo a data prevista, o presidente pede aos servidores municipais que ainda não se cadastraram que procurem saber na coordenação de seus setores ou diretamente com os responsáveis de cada pasta da administração municipal ou, ainda, diretamente com o Ipam, como devem proceder para que seus cadastramentos sejam regularizados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário