terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Homem que matou casal em Vilhena e era procurado pela Interpol é preso na Argentina

A polícia argentina prendeu nessa semana Marco Antônio de Oliveira Ferreira, conhecido por “Marquinhos”, acusado de assassinar no dia 1 de janeiro de 2013, no assentamento “Águas Claras” em Vilhena, José Carlos Alves de Almeida e sua companheira Fabiana Pereira de Souza.
Nas investigações ficou comprovado a autoria do crime e a Polícia Civil de Vilhena na ocasião ainda descobriu que Marquinhos foi condenado em 2009 por mais um homicídio em Ariquemes.
O inquérito policial foi concluído e um novo mandado de prisão foi decretado para Marquinhos, mas ele fugiu do país e desde então era procurado pela polícia.

Marco foi preso numa província chamada Santiago del Estero, localizada ao norte da Argentina, próxima a fronteira Bolivia/Paraguai. O vilhenense era procurado pela Interpol, mas alegou que é inocente e inclusive disse ter se entregado para colher suas digitais a fim de se livrar das acusações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário