sábado, 16 de janeiro de 2016

Governo libera mais de R$ 2,8 milhões para combate ao Aedes aegypti na PB

A presidente Dilma Rousseff sancionou na sexta-feira (15), um recurso de R$ 2.892.656,81 para ações de vigilância em saúde, incluindo o combate ao mosquito Aedes aegypti, em 2016, na Paraíba. O recurso faz parte de um montante de R$ 1,27 bilhão destinado ao combate do mosquito em todo o país. 

Nesta semana, o Ministério da Saúde repassou aos estados R$ 143,7 milhões extras destinados a ações de combate ao Aedes aegypti. O recurso foi garantido em portaria publicada no dia 23 de dezembro do ano passado e já liberado 100% aos estados no início desta semana.
O Ministro da Saúde, Marcelo Castro, considera de fundamental importância este recurso extra para as ações nos estados e municípios. “Com este reforço financeiro, os estados e municípios vão poder potencializar as medidas de combate ao Aedes aegypti para evitar a transmissão de dengue, chikungunya e Zika”, explicou.

Segundo o Ministério da Saúde,  no ano de 2015, foi liberado R$ 1,25 bilhão.  Em 2011, este montante era de R$ 970,4 mil, o que representa um aumento de 28,8% nos recursos nos últimos cinco anos. O Ministério da Saúde também disse ter investido, no ano de 2015, R$ 23 milhões na aquisição de inseticidas e larvicidas. Além das ações de apoio a estados e municípios, o Ministério da Saúde realiza a aquisição de insumos estratégicos e kits de diagnósticos, para auxiliar os gestores locais no combate ao mosquito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário