segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Faltando 15 dias para o Carnaval, folia já foi cancelada em 6 cidades de RO

Faltando 15 dias para o Carnaval 2016, cinco municípios de Rondônia já anunciaram o cancelamento da folia: Vilhena, Rolim de Moura, Cerejeiras, Guajará-Mirim, Ariquemes e Seringueiras. O principal motivo para os cancelamentos, segundo as prefeituras, é a crise econômica que atinge o Brasil. O recurso que seria usado no evento carnavalesco deve ser destinado para outras áreas dos municípios.

Porto Velho

Na capital, a programação ainda está confirmada. Blocos de rua sairão normalmente a partir do dia 6 de fevereiro.

Os dezoitos blocos farão vinte e dois desfiles pela região central, Zona Leste e Zona Sul. O diferencial em 2015 é que as sete escolas de samba farão os desfiles no Parque dos Tanques,nos dias 26 e 27 de fevereiro.

O Governo de Rondônia fornecerá a infraestrutura para a festa. Já a Fundação Cultural de Porto Velho dará suporte financeiro para indumentárias, carros alegóricos e demais apetrechos necessários. As quatro escolas do grupo especial terão repasse de R$ 115 mil cada, enquanto as três do grupo de acesso receberão R$ 62 mil cada. Num total de R$ 646 mil destinados à folia.

Veja abaixo lista das cidades sem carnaval:

Vilhena

No município de Vilhena, a prefeitura anunciou o cancelamento dos festejos pelo segundo ano consecutivo. O presidente da Fundação Cultural do município justificou que a folia não será realizada por causa da crise financeira que atinge o município. "Não vai ter Carnaval neste ano devido à crise, não só em Vilhena, mas outros municípios também estão cancelando o carnaval", esclarece. O orçamento de R$ 50 mil será destinado para outras áreas da prefeitura.

Rolim de Moura

Assim como Vilhena, pelo segundo ano consecutivo, Rolim de Moura não terá carnaval de rua. O prefeito Luizão do Trento anunciou que o momento é de economizar e que a verba que seria utilizada no carnaval será investida na educação. "Sabemos da importância do Carnaval, mas o momento é de economizar. A decisão de cancelar o evento foi tomada dentro deste contexto e priorizando as políticas públicas nas áreas de maior alcance pela população", justificou.

Cerca de R$ 120 mil seriam destinados para a realização da festa. O recurso será utilizado na construção de três salas de aula, mobílias para a escola Dionísio Quintino e aquisição de novos equipamentos.

Ariquemes

Pelo terceiro ano seguido, Ariquemes não terá carnaval de rua em 2016. A prefeitura alegou a contenção de gastos públicos. A Fundação de Esporte, Cultura e Lazer (Funcel) informou que seriam necessários um investimento de R$ 120 a R$ 150 mil, que agora poderão ser investidos em áreas que carecem de mais investimentos.

O último carnaval realizado pela gestão do atual prefeito em exercício aconteceu em 2013, no Espaço Alternativo. Na época a programação contou com shows de bandas regionais e locais. Ao todo foram investidos cerca de R$100 mil nas quatro noites da festividade cultural.

A folia também foi cancelada em Seringueiras, Cerejeiras e Guajará-Mirim. À imprensa, a prefeitura de Seringueiras informou que o dinheiro que seria gasto no Carnaval será usado na compra de uma ambulância.

Nenhum comentário:

Postar um comentário