sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Demissões superam contratações pela primeira vez em 12 anos na PB

O número de demissões registradas na Paraíba superou o número de contratações em 15.201 vagas formais em 2015. Esta é a primeira vez em 12 anos que o estado registra mais demissões do que contratações. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados pelo Ministério do Trabalho nesta quinta-feira (21).

Segundo o cadastro, a última vez que havia acontecido este registro foi em 2003, quando 866 pessoas foram demitidas a mais do que as que foram contratadas. Em 2014, foram criados cerca de 16.326 empregos com carteira assinada no estado.

Em todo o país, as demissões superaram as contratações em 1,54 milhão de vagas formais em todo ano passado. O número representa forte piora em relação 2014, quando foram criados cerca de 420 mil empregos com carteira assinada. No ranking nacional das 50 cidades que mais demitiram em 2015, João Pessoa aparece na 37ª posição, com 7.863 demissões.

O resultado de 2015 foi o pior para um ano, considerando a série ajustada do Ministério do Trabalho, que tem início em 2002. Na série sem ajustes, é o pior desempenho desde 1992, quando teve início a contabilização dos empregos formais pelo governo, segundo números do Ministério do Trabalho. Com isso, trata-se do pior resultado em 24 anos.

Dos setores que mais fecharam vagas em 2015 na Paraíba, o da construção civil foi o que mais teve registros com 8.103 demissões. Em seguida está a indústria da transformação com a perda de 3.694 postos e o do comércio, com 1.763 demissões registradas.

Dezembro de 2015

Apenas no mês de dezembro, foram perdidos 4.487 postos de emprego no Estado. O setor de serviços foi o que mais demitiu no mês, com queda de 1.337 postos. Segundo o Caged, o declínio de 1,09% no nível de emprego registrado no mês se deve as razões sazonais como a entressafra agrícola, as férias escolares, o período de chuvas e o término das festas de finais de ano.

No ranking estadual dos municípios com mais de 300 mil habitantes, as únicas cidades que apresentaram saldo positivo entre admissões e desligamentos em dezembro de 2015 foi Sapé, com 28 postos criados, Cabedelo, com sete e Pombal, com seis. João Pessoa foi a cidade com mais demissões registradas no mês, com o saldo de -1.332 postos de trabalho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário