quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Concluído planejamento para a construção da nova rodoviária de Porto Velho

A nova Estação Rodoviária de Porto Velho será moderna, sustentável, e terá, além de conforto, uma área reservada para um mini-shopping.
Os detalhes da licitação e início das obras foram debatidos, nesta terça-feira (26), numa audiência em que o governador Confúcio Moura recebeu o diretor do Departamento de Estrada, Rodagens e Infraestrutura (DER), Ezequiel Neiva, e o coordenador geral de Patrimônio Mobiliário e Imobiliário do Estado, Antônio Fortunato de Oliveira Neto, além de engenheiros.
Os projetos devem concluídos ainda no primeiro semestre para que seja deflagrado o processo licitatório.
A construção será erguida numa área de cerca de 10 mil metros quadrados, localizada na Avenida Mamoré.
O governador Confúcio Moura pediu que o projeto inclua sistema de reaproveitamento da água da chuva, destinação correta do lixo e utilização de energia solar. Ele propôs ainda que o local seja arborizado e tenha área para convivência, que pode conter um pequeno shopping.
Após concluída, a obra vai valorizar os bairros do entorno, que também serão contemplados com melhorias. O diretor geral do DER, Ezequiel Neiva, foi informado que vai conduzir o processo de contratação dos projetos.
Antônio Fortunato de Oliveira Neto, responsável pela condução para liberação da área onde a Rodoviária será construída, está otimista em relação à conclusão do processo, qual trabalha desde 2015.
“A capital precisa de uma nova Rodoviária. Um local onde as pessoas que chegam tenham um boa impressão da cidade”, disse o governador, que está empenhado em iniciar a obra no menor espaço de tempo possível.
Orgulho do Madeira
Com o diretor do DER, o governador também detalhou uma série de obras que devem ser realizadas para contemplar famílias instaladas no condomínio Orgulho do Madeira, localizado na Zona Leste. Nos 4 mil apartamentos e 600 casas estão sendo ocupados por pessoas de baixa renda de diversos pontos da cidade.
Na avaliação de Confúcio Moura, é necessário oferecer rapidamente uma estrutura para as famílias. Segundo ele, o estado deve proporcionar acesso fácil, equipamentos para lazer, meios para diversificação da renda e transporte escolar. “Este condomínio terá, em pouco tempo, 16 mil pessoas. Equivale a uma cidade”, disse o governador.
Espaço alternativo

No mesmo encontro Confúcio foi informado de que as obras de recuperação e conclusão do Espaço Alternativo devem ser iniciadas na próxima semana. Ezequiel Neiva, do DER, disse que os funcionários do órgão estão sendo mobilizados para realizar os serviços pendentes. “Será uma obra bela, a população terá orgulho”, concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário