terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Chuvas fortes devem continuar na PB e Aesa alerta órgãos para evitar desastres

As chuvas registradas entre o domingo (17) e a segunda-feira (18), ocorrem de forma mais intensa na parte Leste da Paraíba, onde fica a Grande João Pessoa, e por conta de um vórtice ciclônico de altos níveis, que ocorre quando os ventos nos níveis mais altos da atmosfera giram no sentido horário, derrubando o ar seco desses níveis para a superfície. 

A previsão da Agência Executiva de Gestão das Águas é de que o tempo continue instável nesta terça-feira (19). O Estado está em situação de alerta para evitar problemas com as chuvas.

Entre as manhãs de domingo e desta segunda-feira choveu mais do que o esperado para todo o mês na capital paraibana. De acordo com a Aesa, a média histórica de janeiro é 80 milímetros e o pluviômetro instalado no bairro Grotão, em João Pessoa, anotou 80,4mm em apenas 24 horas. A previsão é de que o tempo continue instável nesta terça-feira (19).

“Em apenas duas horas, choveu 20,2mm em João Pessoa na manhã desta segunda-feira (18)”, informou Marle Bandeira, meteorologista da Aesa, ressaltando que é um número volumoso, em especial pelo curto período. As medições ocorreram entre 7h e 9h da manhã, aproximadamente.

Enquanto o fim de semana foi de sol na capital, na região do Cariri ocorreram chuvas isoladas. Foram registradas chuvas significativas nos municípios de São José do Bonfim (53mm), Tavares (50,2mm) e Taperoá (48,3mm). As precipitações foram provocadas por um vórtice ciclônico de altos níveis, sistema meteorológico que provoca alterações no tempo da região Nordeste e atua principalmente entre os meses de dezembro e fevereiro.

“Este fenômeno está contribuindo para o aumento da nebulosidade sobre quase todo o Estado. A tendência é que o tempo permaneça com muitas nuvens e ocorrência de chuvas isoladas também na terça-feira. Poderão ocorrer chuvas mais significativas no Litoral, Brejo e Agreste”, informou a meteorologista Marle Bandeira.

Alerta

Pelas fortes chuvas, a meteorologista afirmou que a Agência já emitiu um aviso a diversos órgãos do Estado, incluindo a Defesa Civil, a fim de que se atente aos perigos que um grande volume de chuvas possa vir a causar em algumas cidades. 

“As chuvas do fim de semana foram novamente causadas por um vórtice ciclônico, comum nesta época do ano. Sua localização está contribuindo para as chuvas, em especial da faixa leste da Paraíba”, alertou Marle Bandeira.

Previsão

Nebulosidade variável com chuvas a qualquer hora é a previsão para Agreste, Brejo e Litoral na terça-feira (19), com variações de temperatura entre 22º e 31º; 21º e 29º, e 24º e 31º, respectivamente. Nebulosidade variável com possibilidade de chuvas em pontos isolados é o previsto para Cariri/Curimataú, Sertão e Alto Sertão. Nestas regiões, os termômetros devem marcar entre 21º e 32º no Cariri, e 23º e 34ºC no Sertão e Alto Sertão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário