sábado, 23 de janeiro de 2016

Chuvas danificam terreno de obra vizinha e igreja é interditada para não sofrer desabamento

A obra de construção de um complexo comercial multiuso, que engloba hotel, torre de escritórios e edifício garagem, em Campina Grande, após sofrer com as chuvas mais recentes, acabou pondo em risco uma unidade da Igreja Universal do Reino de Deus, situada em um prédio vizinho à construção. Com o problema, o templo teve que ser interditado provisoriamente enquanto são feitos serviços de contenção para evitar desabamentos.

Segundo a assessoria de imprensa da construtora responsável pela obra, localizada na Avenida Presidente Getúlio Vargas, no Centro da cidade, foi feito um planejamento estrutural, em comum acordo com pastores e fiéis, para possibilitar a edificação sem que o serviço pudesse prejudicar os imóveis vizinhos. Porém, como há um aprofundamento do local, as precipitações fizeram com que uma das paredes internas das fundações do empreendimento se aproximasse perigosamente da igreja, que, até a sexta-feira (22), não havia sofrido qualquer dano estrutural, tendo sido isolada apenas como precaução enquanto os trabalhos preventivos são feitos.

Diante do risco, a construtora disponibilizou um imóvel na mesma avenida para que a igreja possa seguir com as atividades normais. Não foi divulgado um prazo para o retorno dos cultos à sede original.

A Igreja Universal do Reino de Deus funciona no prédio do antigo Cinema Avenida, de mais de 60 anos. O complexo comercial vizinho, de 60 mil m², quando estiver pronto, deverá gerar mais de mil empregos, de acordo com a assessoria da construtora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário