sábado, 23 de janeiro de 2016

Cerca de 500 casas, localizadas às margens do Madeira, serão demolidas

A Defesa Civil de Porto Velho, a partir da próxima segunda (25), iniciará a demolição de cerca de 500 casas, localizadas em áreas consideradas de risco. Na primeira fase do trabalho, 58 unidades serão destruídas.
Segundo Vicente Bessa, secretário de Defesa Civil do município, as famílias desses imóveis foram removidas para casas e apartamentos do residencial Orgulho do Madeira e assinaram um termo autorizando a demolição, além de se comprometerem a não mais retornar ao local.
As casas a serem demolidas estão localizadas as margens do rio Madeira, e serão identificadas por meio de uma placa com a mensagem INTERDITADO.

Ainda segundo Bessa, o trabalho tem previsão para ser concluído até o final de fevereiro, e que os terrenos, após a demolição, serão incluídos em um projeto de construção de parques públicos e passarelas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário