segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Centro de Documentação Histórica muda de endereço e retorna atendimento em fevereiro

O Centro de Documentação Histórica de Rondônia (CDHR) está de mudança para o Palácio da Memória, no Palácio Presidente Vargas, antiga sede do governo de Rondônia. Em função disso, o público só vai poder ter acesso aos materiais para consulta e pesquisa a partir de 16 de fevereiro.

O novo espaço do Centro de Documentação oferecerá melhores condições ao público. “Os pesquisadores terão mais facilidade para acessar a documentação e os visitantes poderão conhecer melhor o acervo do Centro”, explica a diretora Ednair Nascimento.

O CDHR existe de 1981 e é um espaço destinado a preservação e manutenção de documentos  de interesse histórico, de valor permanente. Seu acervo é formado por livros sobre a região e pelos jornais Alto Madeira, O Guaporé, A Tribuna e o Estadão do Norte, além de revistas e cadernos  referentes a Rondônia.

A Superintendência da Juventude, Cultura, Esportes e Lazer, responsável pelo Centro, aguarda a liberação de recursos na ordem de R$ 100 mil para a digitalização de pelo menos 70% do acervo. O valor é parte  da compensação social da Usina de Santo Antônio. De acordo com o coordenador  de cultura da Sejucel, Fabiano Barros, uma pequena parcela dos documentos já foi digitalizado pela própria Sejucel, o que também deverá ser feito com o material que exceder ao valor  dos 100 mil reais.  Segundo ele, após o repasse dos recursos, a Superintendência vai  iniciar o processo licitatório para a digitalização.

Nenhum comentário:

Postar um comentário