sábado, 16 de janeiro de 2016

Casas populares inacabadas começam a se deteriorar em Pimenteiras

Lançado em 2.014, o Programa Minha Casa Minha Vida na cidade às margens do Rio Guaporé não foi concluído e as 40 unidades habitacionais inacabadas estão sendo danificadas pela ação do tempo e atos de vandalismo. Várias casas estão destelhadas e com sinais de depredação, e o local onde estava projetado o conjunto habitacional foi tomado pelo mato.
A situação de desperdício tem indignado parte da população, que denunciou o descaso ao Extra de Rondônia. A revolta se deve a aplicação de recursos públicos sem que haja retorno a comunidade, criando um elefante branco na cidade.

O site tentou entrar em contato com o prefeito e vereadores de Pimenteiras do Oeste, mas não obteve sucesso. Através de outras fontes a reportagem foi informada que o problema não é de responsabilidade do Município, mas sim do governo federal. “A empreiteira contratada para fazer o serviço alegou que não recebe a medições da União, e abandonou a obra”, disse o informante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário