segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Bandidos matam idoso sem reagir e levam ouro e dinheiro

Jandir Daniel Veloso, de 63 anos, foi executado com um tiro no peito no seu local de trabalho, localizado na margem direita do rio Madeira, no bairro Triângulo, após reagir a um assalto.
De acordo com a ocorrência, dois suspeitos que estavam armados de revólveres, anunciaram o roubo e, após já estarem com dinheiro, celulares e ouro, atiraram na vítima e fugiram em uma motocicleta que estava na beira do rio.
Funcionários da vítima disseram que o comércio é de venda de combustíveis e que nesta tarde de sexta-feira (22), eles estavam no flutuante contando dinheiro da venda de um tambor de óleo, quando foram surpreendidos pelos criminosos que chegaram perguntando quem é Jandir" e como não obtiveram respostas começaram a roubar o dinheiro e, principalmente, ouro que estava no local.
Quando estavam já saindo do local a vítima tentou se levantar e nesse momento um suspeito voltou e disse; "a então você é o Jandir" e atirou a queima roupa e voltou para beira do rio, montou na moto e fugiu com seu comparsa em alta velocidade.
A Polícia Militar foi acionada junto com uma equipe do Samu para socorrer a vítima que estava agonizando. Os funcionários ajudaram colocando-o numa camionete e com apoio da PM foram até o hospital João Paulo II.
Minutos depois de estar recebendo atendimento, os médicos constataram sua morte e anunciaram a família.

A polícia acredita que o crime tenha sido latrocínio, que é o roubo seguido de morte, mas também trabalha com outra linha de investigações, uma vez que a dupla de criminosos chegou perguntando pela vítima que possivelmente sua morte possa ter sido encomendada. O caso está sendo investigado, pois houve uma testemunha que reconheceu um dos participantes do crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário