sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Banco do Brasil vai fechar três agências da Paraíba para fugir das explosões

Três agências do Banco do Brasil na Paraíba encerram as atividades ainda neste mês, por medida de segurança. O comunicado foi feito pela superintendência do BB no estado nesta quinta-feira (13) depois de sucessivas ações criminosas contras as instituições financeiras.
Conforme nota enviada à imprensa, o fechamento ocorrerá nas cidades de Mogeiro, Cabaceiras e Serraria. A medida, segundo a assessoria de imprensa do banco, é em razão dos riscos constantes de ataques aos caixas eletrônicos com explosivos.
“Devido a sucessivas ocorrências criminosas, o Banco do Brasil tomou medidas, em âmbito nacional, de fechamento de pontos de atendimento. Os clientes dessas unidades passarão a ter suas contas vinculadas às agências de Salgado de São Félix, Boqueirão e Solânea respectivamente, onde todos os produtos e serviços bancários permanecem disponíveis, sem nenhum prejuízo ao público”.
A direção do banco na Paraíba garantiu que “para maior conveniência, o BB continuará presente nas três cidades com uma unidade do Banco Postal, empresa parceira do Banco do Brasil apta para realizar abertura de contas, depósitos, consultas de saldo e extratos, pagamento de contas, recebimento de benefícios do INSS, contratação de empréstimos, aquisição de cartão de crédito e saques em conta corrente e poupança”.
O Banco do Brasil possui 5.424 agências em todas as regiões do país, sendo 110 na Paraíba. Em 2015, segundo levantamento feito pelo Sindicato dos Bancários da Paraíba, 36 agências do BB foram alvo de ações criminosas. Este ano, já ocorreu um ataque a um caixa do BB na cidade de Guarabira, no Brejo.

De acordo com o Sindicato dos Bancários da Paraíba, o ano de 2015 terminou com 132 ataques, número 12% maior que os 116 contabilizados pelo sindicato no ano anterior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário