quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Curto-circuito pode ter provocado fogo na casa do Papai Noel, em RO

A casa do Papai Noel construída provisoriamente para as comemorações de fim de ano, na Praça da Vitória, em Ariquemes (RO), foi destruída pelo fogo na noite de terça-feira (29). De acordo com o Corpo de Bombeiros, as chamas podem ter sido iniciadas depois de um curto-circuito na instalação elétrica do local.  Segundo a Fundação de Esporte, Cultura e Lazer (Funcel), um vendedor ambulante teria feito uma ligação elétrica clandestina. O homem já foi identificado e deve prestar esclarecimentos na Polícia Civil. Ninguém ficou ferido.

Conforme o Corpo de Bombeiros, as chamas iniciaram por volta das 19h e consumiu a casa rapidamente. Para apagar as chamas, foram utilizados cerca de mil litros de água. O local ficou destruído e, de acordo com os bombeiros, o fogo pode ter iniciado após um curto-circuito. Um laudo técnico deve ser feito para apurar as causas do incêndio. O resultado deve sair em 40 dias.

Segundo o presidente da Funcel, Paulo de Tarso, uma testemunha teria visto um vendedor ambulante fazendo ligação elétrica clandestina com a instalação da casa do Papai Noel. O homem foi identificado e deve prestar esclarecimentos sobre o ocorrido na Polícia Civil.

"Estamos aguardando o laudo do Corpo de bombeiros para tomarmos as medidas cabíveis, mas registramos o ocorrido na delegacia de Polícia Civil. O que sabemos de terceiros é que um ambulante teria ligado uma tomada na instalação da casa e saiu do local. Pouco tempo depois o fogo começou", disse.

Segundo Paulo de Tarso, a casa do papai Noel foi construída por um empresário com o apoio da prefeitura. O local tinha todos os laudos técnicos necessários para receber os visitantes. O prazo previsto para retirar a casa do local, assim como toda a decoração natalina da cidade, seria no dia 6 de janeiro de 2016.

O que restou da estrutura foi retirado na manhã desta quarta-feira por funcionários da prefeitura. "É triste o que aconteceu, mas não há mais tempo hábil para construir outra casinha. Incidentes e acidentes acontecem", lamentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário