segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Cerca de 1,7 mil residências passam a receber água tratada em Buritis, RO

Foram concluídas na última quarta-feira (16) a primeira etapa das obras de implantação da rede de distribuição de água tratada em Buritis (RO), no Vale do Jamari. Cerca de 1,7 mil residências passam a ser beneficiadas com a utilização do serviço nesta primeira etapa, de acordo com a Águas de Buritis, empresa responsável pelos serviços de água e esgoto no município.

A concessionária começou a executar o projeto em junho deste ano e, desde então já construiu mais de 30 mil metros de rede de distribuição e adutora, que são redes de diâmetro maior, utilizadas exclusivamente para transportar água.

Além de mais de 1.785 ligações. A empresa acredita que até o final de 2016, as obras da rede de distribuição sejam concluídas, beneficiando toda a população.

A maioria das residências no município possui água encanada, porém essa água é oriunda de poços que estão presentes nos quintais domiciliares. Estes poços chegam a até nove metros de profundidade e, grande parte deles fica próximo a fossas, com isto os dois dividem o mesmo lençol freático.

Com a primeira etapa da rede concluída, a presidente da Agência Reguladora de Serviço de Água e Esgoto de Buritis, Oscilene Gonçalves, relata que a mudança iniciada visa proporcionar uma melhor qualidade de vida aos moradores. “Os índices dos casos de doenças transmitidas pela água como a diarreia e hepatite se tornaram comuns por ter uma água contaminada, portanto todos a partir de agora poderão se beneficiar com o serviço e ter uma melhor saúde” explica.

Neste ano o município chegou a decretar estado de calamidade pública depois dás águas dos rios Candeias e São Domingos e do Igarapé do Veado transbordarem após uma chuva intensa em março e ter contaminado mais de 800 poços da água consumida pelos habitantes.

Conforme o diretor-presidente da Águas de Buritis, Anselmo Leal, a inauguração consiste no sistema de captação da água no Rio Candeias até a unidade de tratamento e distribuição. Ele também comentou sobre o planejamento da empresa. “Nós temos um contrato de concessão de serviço público de tratamento de água e esgotamento sanitário válido por 30 anos, e em cinco anos pretendemos ter 50% da população atendida com água e esgoto” comenta.

Ainda segundo o diretor, a concessionária realiza um plano de investimentos em mais de R$ 78 milhões, sendo que só nos últimos seis meses investidos nesta primeira etapa quase R$ 1º milhões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário